terça-feira, 2 de dezembro de 2008

A menos contadas da Bíblia



UMA AMIZADE MUITO ESPECIAL




CONHEÇA MAIS: II Samuel 4:4; 9: 6-13.
OBJETIVO: Desenvolver o conceito da importância da verdadeira amizade.
DISPOR DE: Um par de muletas ou uma cadeira de rodas.
ATIVIDADE DINÂMICA: Mostrar uma muleta ou a cadeira de rodas e perguntar às
crianças para que servem.

HISTÓRIA:

Era um jovem aleijado. Quando tinha apenas cinco anos; da mesma
idade que (mencionar nome de uma criança que está presente.), umas
pessoas inimigas de seu pai quiseram fazer mal ao menino. A ama que
ajudava a sua mamãe, para protegê-lo, correu com ele, mas infelizmente,
ele caiu de seus braços, e assim o menino fi cou doente das pernas. Não
podia fi car em pé, nem caminhar como as demais crianças.

Em conversa com sua ama, ele perguntava: Que vai acontecer comigo,
quando eu crescer e não mais tiver você ao meu lado? Quem vai cuidar
de mim? Ama, algum dia eu vou me casar? Eu irei estudar longe? Ela lhe
dizia que ele era fi lho de Deus, e que Deus sempre cuidava de Seus fi lhos.
Ele não o desampararia, e mais ainda, se o menino era inválido.

Quando era hora de dormir, a ama de Mefi bosete contava histórias
sobre seu pai. Um general do exército que se chamava Jônatas, fi lho do
rei Saul. Ali aprendeu que a coisa mais especial que aconteceu na vida de
seu pai, foi que ele teve um amigo extraordinário.

Quando chegava a noite, Mefi bosete dizia: Ama! Ama! Conte-me outra
vez a história que eu gosto! E ela se encostava ao lado do menino, enquanto
acariciava seus cabelos, relembrava a história que ele mais gostava de ouvir.

A ama lhe dizia: Quando Jônatas, seu pai e Davi se conheceram, ele logo
percebeu que Davi era um jovem mui amável. Ele se portava educadamente na
casa do rei, e isso lhe agradou tanto que ele lhe deu lindos presentes. A partir
desse momento, foram tão amigos que passavam muito tempo em companhia
um do outro. Jônatas sempre se preocupava, para que seu amigo não sofresse
algum risco de vida. Ele acreditava que sua amizade duraria para sempre. Eles se
amavam muito. Eram fi éis um ao outro e se tornaram os melhores amigos.

O tempo passou. O pai de Mefi bosete já havia morrido, quando ele ainda
era pequeno. Havia muita gente que queria prejudicar esse homem. Ele continuava
dependendo dos demais para poder ir de um lado para o outro. Vocês
lembram do problema de Mefi bosete? Muito bem! Ele era aleijado.

Em meio a essa situação, apareceu o antigo amigo do pai de Mefi bosete,
Davi. Agora Davi era uma pessoa muito, mas muito importante. Era o
rei de Israel, rei de uma grande nação. E, ao se encontrarem, este jovem
desamparado, Mefi bosete fez uma reverência, dizendo ao rei: “Aqui está
o teu servo”, como um sinal de humildade. O rei Davi lhe disse: Tu és o
fi lho do meu melhor amigo; não tenha medo, porque eu desejo ser bom
para você, por amor do seu pai Jônatas e, mesmo que ele não esteja aqui,
a minha casa será a sua casa. Jamais lhe faltará nada. Eu ordenarei que
ninguém lhe faça mal. Seu pai foi o meu melhor amigo, portanto você será
uma das pessoas mais importantes em meu palácio.

Todos os dias você comerá em minha mesa e jamais lhe deixarei. Os
olhos de Mefi bosete se encheram de lágrimas e ele se lembrou das histórias
que sua ama lhe contava, quando ainda era pequeno, assim como
são vocês. A amizade de seu pai permitiu que este jovem fosse atendido
no palácio do rei.

APELO: Assim como Mefi bosete, nós, algum dia viveremos no palácio
do Rei do Universo, graças a nossa amizade com Jesus. Vocês querem
viver nesse palácio?

ORAÇÃO: Que uma criança (previamente avisada) ore, agradecendo a Deus,
porque em breve vamos poder comer na mesa do Rei do Universo.







O PERIGO DE NÃO RECEBER
CONSELHOS

CONHEÇA MAIS: I Reis 12:1-19; II Crônicas 10:1-19.
OBJETIVO: Aprender a receber conselhos adequados.
DISPOR DE: Uma bicicleta infantil, que possua pequenas rodas.
ATIVIDADE DINÂMICA: Mostrar a bicicleta. Perguntar às crianças sobre o que
acontece quando não sabem andar de bicicleta e dizem que não andam em bicicletas
sem as rodas laterais.
RECOMENDAÇÃO: Deve ter uma bicicleta diante das crianças.

HISTÓRIA:

Há muito tempo atrás, viveu um rei chamado Salomão. Por muito
tempo, ele foi sábio, porém, quando se afastou de Deus fez coisas que
entristeceram seu povo. Por exemplo: Ele mandou construir edifícios muito
grandes e famosos, e obrigou o povo a pagar mais impostos, de modo
que muitas pessoas fi caram tristes com essas construções, porque não
tinham recursos para outras coisas que eram necessárias, como alimentos
e vestimentas, por exemplo.
Quando Salomão morreu, foi nomeado o seu fi lho Roboão como
herdeiro da coroa real. Quando isso aconteceu, um grupo de homens
mais experientes de Israel aproximou-se dele para lhe dar um conselho.
Eles lhe disseram, entre outras coisas, que quando assumisse como novo
rei, deveria baixar os impostos. Já que os edifícios haviam sido construídos,
não sendo necessário recolher mais dinheiro. Também falaram que
se assim fi zesse, ele ganharia o coração de todo o povo e eles estariam
mais felizes por servir ao rei.
Roboão, o rei lhes disse que eles fossem embora e em três dias voltassem.
Aqueles homens experientes foram embora com esperança de
que haviam dito o correto e que o rei seguiria seus conselhos.
Porém, quando esses homens foram embora, Roboão convidou os seus
amigos ao palácio. Eram moços que haviam sido criados junto com ele. Ficaram
felizes ao ver o seu amigo como rei. Nesse momento, o rei lhes contou
o que os homens mais experientes haviam aconselhado e lhes perguntou o seu parecer. Os jovens, rindo de um modo crítico, lhe disseram:
- Não! Você não pode ser menor que seu pai. Assim que, em vez de
baixar os impostos, você deve aumentá-los; assim as pessoas vão ter medo
de você e verão que será mais famoso e mais importante que seu pai.
Quando os homens voltaram, Roboão lhes repetiu as mesmas tolas
palavras. Eles fi caram muito tristes e responderam:
- O povo, em vez de fi car contente, vai se revoltar.
Roboão não lhes deu ouvido. Porém, quando o povo tomou conhecimento
da decisão, a reação foi como uma bomba ao explodir. Aos
poucos, uns e outros foram se comunicando e falando sobre os planos
do rei Roboão e todo o povo decidiu não segui-lo como seu rei. Foi um
momento muito triste para a história desse povo.
Quando Roboão quis impor ordem, a situação fi cou tão complicada
que as pessoas começaram a jogar pedras no rei. Roboão se assustou e
foi se esconder. Ele sentiu muito medo; estava sozinho e todo povo estava
contra ele. Isto é muito triste; não é verdade? A partir desse momento,
o reino se dividiu e surgiram duas nações: Judá e Israel, por culpa de um
rei que não quis seguir os conselhos dos sábios.

APELO: Que temos que fazer quando nos dão um conselho? Por que
é tão importante seguir conselhos de adultos sábios? Sempre devemos
seguir os sábios conselhos.

ORAÇÃO: Pedir a uma criança que ore, agradecendo a Deus e também
pedindo-Lhe sabedoria, para aceitar conselhos.

Um comentário:

FABIANA disse...

QUE DEUS CONTINUE USANDO A SUA VIDA GRAÇA E PAZ.